Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, janeiro 30, 2008

Clitoria fairchildiana

Sombreiro. Essa grande árvore tem essa flor singular. O formato da flor e o nome científico da árvore dizem tudo.
Boa para arborização de parques e jardins não é tão boa para calçadas pois suas raízes são superficiais. Esse exemplar é um dos vários no Parque Ecológico de Barão Geraldo, esse parque que já foi o viveiro municipal conta com uma variedade de espécies muito grande e é um passeio ótimo.
Posted by Picasa

terça-feira, janeiro 29, 2008

Ficus

Esse exemplar gigante faz jus a lenda dos ficus de serem eternos. Eles crescem indefinidamente. No meio as vezes forma um oco que servia de casa para feiticeiras da idade média, como na história da moura torta.
Essa fica na Fazenda Rio das Pedras e não está sozinha, lá muitas outras figueiras monumentais ornam o pasto.
Posted by Picasa

Delonix Regia

Flamboyant. Essa árvore é típica de várias regiões do Brasil. Por sua copa espalhada na horizontal é excelente para ser plantada ao longo de caminhos para fazer sombra. O problema são as raízes que destroem calçadas. Portanto prefira usá-la na entrada da sua fazenda, da porteira até a casa principal, colocando várias lado a lado. Se você não tem uma fazenda, como eu, pode admirar suas belas flores vermelhas. Existe também outras cores, mas nenhuma é reproduzível, elas simplesmente acontecem na natureza, mas suas sementes geram árvores de flores vermelhas. As outras cores são laranja e amarelo.
Posted by Picasa

Jasmin Manga

O Jasmim Manga tem a variedade vermelha, a branca e essa rosa pêssego da foto. Ele nunca cresce muito alto, sendo uma boa árvore para se plantar onde tem postes com fiação. Essa aí fica na Escola do Sítio em Barão Geraldo e é um exemplar especialmente bonito. O tronco fino não impacta a calçada tampouco.
O único cuidado é com lagartas que quando aparecem adoram as folhas e ela fica pelada.
As crianças gostam de subir por ter muitos galhos lisos, mas seus galhos finos não são adequados para isso.
Posted by Picasa

Eritrina Falcata

A bela Eritrina é também conhecida como mulungu. Sua casca e raizes dizem ser medicinal para elaboração de anti-depressivo. Excelente para ser plantada na porta de uma clínica psiquiátrica. Pelo menos dá um alto astral.
Sua floração dura bastante.
Existem muitas eritrinas e todas com flores vermelhas. A eritrina speciosa, também conhecida como candelabro também aparece com flores rosas. E essa aí também existe uma variedade branca que é conhecida como eritrina alba (claro!)
Posted by Picasa